• Sidney Santos

A banda Voivod lança novo vídeo para a canção ‘THE END OF DORMANCY (METAL SECTION)’

BELLOW ENGLISH:

A Voivod acaba de lançar o seu EP “The End Of Dormancy” e junto lança um videoclipe para “The End Of Dormancy (Metal Section)”!

Os inovadores canadenses do metal progressivo de ficção científica VOIVOD despertaram e retornaram com um EP digital e vinil de 3 faixas em 12”, intitulado “The End Of Dormancy”, a ser lançado em 10 de julho de 2020 em todo o mundo pela Century Media Records.

O EP está centrado em uma versão especial "Metal Section" da faixa-título "The End Of Dormancy" (o último álbum do Off VOIVOD "The Wake") com trombetas, saxofones e trombones. As faixas complementares deste lançamento são versões ao vivo exclusivas de "The End Of Dormancy (Metal Section)" e o clássico do grupo "The Unknown Knows" gravado no Montreal Jazz Fest 2019.

Um notável videoclipe de “The End Of Dormancy (Seção de Metal)”, dirigido por Syl Disjonk (que criou o clipe “Kluskap O 'Kom” para VOIVOD) e produzido por Igor Simonnet, agora está disponível.

O guitarrista do VOIVOD Daniel "Chewy" Mongrain fez check-in com o seguinte comentário sobre "The End Of Dormancy" e sua versão especial "Metal / Brass Section": “Inicialmente, escrevi o riff de abertura da música em turnê, do lado de fora, atrás de um clube na Alemanha em um dia ensolarado e gravei imediatamente. Tinha aquela Quartal Harmony sobre um pedal que, para mim, evoca trilhas sonoras de filmes romanos clássicos quando você ouve metais (Lituus, Cornu e outros instrumentos). Tem uma vibe militar e solene. Quando em 2019 tivemos a honra de sermos convidados para tocar no Festival Internacional de Jazz de Montreal, todos pensamos que poderíamos fazer algo especial no contexto. Eu tive a idéia de fazer um arranjo de metais e adicionar uma seção improvisada extra do Sax Solo, que não existe na versão de estúdio. Comecei a escrever e pude terminar o arranjo a tempo do ensaio, mas foi tão trabalhoso que eu só consegui fazer uma música. Contratamos os melhores músicos da cena de Montreal, eles estavam muito animados por fazer parte dela. Não é todo dia que uma seção de metais toca com uma banda de metal, então foi tão emocionante para eles quanto para nós! Tivemos um ensaio e funcionou perfeitamente! Então nós tocamos o show e a multidão ficou totalmente doida!!! Você pode ouvir na versão ao vivo: foi um ótimo momento para todos e tivemos uma verdadeira explosão! A versão ao vivo também está no EP, mas não estará no próximo álbum ao vivo "Lost Machine", já que foi gravado durante um show diferente... Quando surgiu a idéia de criar um vídeo dessa música, pensei: poderíamos gravar o metal sobre a versão de estúdio e tornar a versão em vídeo exclusiva e compartilhar essa versão com o resto do mundo, dando algo especial aos fãs e imortalizando o metal e o arranjo ao mesmo tempo. Então, acabei de recortar a seção improvisada que estava no arranjo ao vivo e poderíamos marcar uma sessão de estúdio com os mesmos caras. Francis Perron (RadicArt Studio), que gravou e mixou “The Wake”, trouxe seu material e o gravou, depois remixou a música. Foi uma experiência incrível, um grande desafio para mim escrever cada parte e conduzi-la. Eu não faço isso com frequência, por isso deu muito trabalho e estou muito feliz com o resultado, acrescenta que o império extra, a guerra romana militar de remo se parecem com o antigo filme de Ben Hur, com a aceleração da música e emoções intensamente estressantes que se encaixam perfeitamente na letra da música. Estou muito orgulhoso e feliz por tocar no VOIVOD, pois podemos experimentar esse tipo de loucuras e todos na banda ficam empolgados e motivados para fazer coisas novas. Isso é muito gratificante. Espero que esse sentimento transpire na música e que o sinal chegue à frequência do receptor!"

O vocalista do VOIVOD Denis "Snake" Belanger atua como roteirista do videoclipe e fez check-in adicionando o seguinte: “Devo dizer que tivemos algumas hesitações em relação ao momento do lançamento deste videoclipe muito especial. As filmagens ocorreram em novembro de 2019 e o cenário é pura ficção científica, mas estávamos preocupados que as imagens pudessem ser insensíveis nesses tempos de pandemia. No final, decidimos prosseguir como planejado. Falando em ficção científica, o documentário chamado “The Creeping Garden” teve uma grande influência em mim e foi uma grande fonte de inspiração para o conceito. Um deve assistir. Os moldes de lodo são criaturas incríveis e os usarão engenhosidade para sobreviver. E os humanos também... vamos superar isso!”

Ouça nas plataformas online e faça a sua pré-encomenda AQUI!

ENGLISH:

Voivod releases “The End Of Dormancy” EP and launches a video-clip for “The End Of Dormancy (Metal Section)”!

Canadian progressive sci-fi metal innovators VOIVOD reawaken and return with a 3-track 12” Vinyl and Digital EP entitled “The End Of Dormancy”, to be released on July 10th, 2020 worldwide via Century Media Records.

The EP is centered around a special “Metal Section” version of the title track “The End Of Dormancy” (Off VOIVOD’s latest album “The Wake”) with added trumpets, saxophone and trombones. The complementary tracks on this release are exclusive live versions of “The End Of Dormancy (Metal Section)” and the group’s classic “The Unknown Knows” recorded at Montreal Jazz Fest 2019.

A remarkable video-clip for “The End Of Dormancy (Metal Section)”, directed by Syl Disjonk (who previously created the clip “Kluskap O' Kom” for VOIVOD) and produced by Igor Simonnet, is now available by clicking above.

VOIVOD’s guitarist Daniel “Chewy” Mongrain checked in with the following comment about “The End Of Dormancy” and its special “Metal/Brass Section” version: “I initially wrote the opening riff of the song on tour, outside, behind a club in Germany on a sunny day and recorded right away. It had that Quartal Harmony over a pedal point that to me evoke soundtracks of classic roman movies when you hear the brass (Lituus, Cornu and other instruments). It has a military and solemn vibe to it. When In 2019 we had the honor to be invited to play the Montreal International Jazz Festival, we all thought we could do something special in the context. I had the Idea to do a brass arrangement and add in an extra open improvised Sax Solo section which doesn't exist in the studio version. I started to write and was able to finish the arrangement in time for the rehearsal but it was sooo much work that I could only do one song. We hired top players of the Montreal scene, they were very excited to be part of it. It’s not every day that a brass section plays with a metal band so it was as exciting for them as it was for us! We had one rehearsal and it worked perfectly! Then we played the show and the crowd went totally nuts!!! You can hear it on the live version: It was a great moment for everyone and we had a real blast! The live version is also on the EP, but will not be on the upcoming live album “Lost Machine”, since that was recorded during a different show... When the video idea of that song came up, I thought, we could record the brass over the studio version and make the video version unique, and share this version with the rest of the world, giving something special to the fans and immortalize the brass arrangement at the same time. So, I just cut out the improvised section that was in the live arrangement and we could time a studio session with all the same guys. Francis Perron (RadicArt Studio), who recorded and mixed “The Wake”, brought his gear and recorded it, then remixed the song. It was an amazing experience, a great challenge for me to write each parts and conduct it. I don’t do that often, so it was a lot of work and I’m very happy with the result, it adds that extra empire, military, roman paddle boat war feel like in the old Ben Hur movie, with the acceleration of the music and intense and stressful emotions that fits the song lyrics perfectly. I’m so proud and happy to play in VOIVOD, as we can try this kind of madness projects and everybody in the band gets excited and motivated to do new things. It’s so fulfilling. I hope this feeling transpires into the music and that the signal gets to the receiver’s frequency!”

VOIVOD vocalist Denis “Snake” Belanger acts as screenwriter for the video clip and checked in adding the following: “I must say that we had some hesitations regarding the timing of release for this very special video clip. The shoot took place in November 2019 and the scenario is pure science-fiction, but we were concerned the imagery might be insensitive in these pandemic times. In the end, we decided to proceed as planned. Speaking of sci-fi, the documentary called “The Creeping Garden” had a big influence on me and was a great source of inspirations for the concept. A must watch. The slime moulds are amazing creatures and will use ingeniosity to survive. And so are humans...we'll get through this!


Listen on the online platforms and make your pre-order HERE!

#CenturyMediaRecords #Voivod #VideoClipe

0 visualização

Coletivo La Migra | São Paulo/Brasil

coletivolamigra@gmail.com

Se inscreva no nosso site e receba diariamente todas as atualizações! 

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Vkontakte ícone social