Buscar
  • Sidney Santos

Lockdown: banda com João Gordo e Antonio Araújo lança EP 'Unholy Ceremony Heretic'.


EP "Unholy Ceremony Heretic", que está disponível nas plataformas de streaming, também sairá em CD e vinil 12" one side!


Durante a quarentena causada pela pandemia, o vocalista João Gordo (R.D.P.) e o guitarrista Antonio Araújo (Korzus e Matanza Ritual) colocaram em prática um antigo desejo de fazer um projeto musical juntos. Assim nasceu o Lockdown, completado por Rafael Yamada (baixo, Claustrofobia e ex-Project 46) e o baterista Bruno Santin (Endrah), e que agora lança oficialmente pela Blood Blast, subsidiária digital da gravadora alemã Nuclear Blast, o EP "Unholy Ceremony Heretic". O material, voltado ao death metal, foi mixado e masterizado por Rodrigo Oliveira (Korzus) no Dharma Studios (SP) e também contou com arte gráfica criada pelo renomado artista Alcides Burn (Burn Artworks). O EP terá lançamento físico no Brasil em CD e vinil 12" one side pelo selo All Music Matters.


"Unholy Ceremony Heretic" foi antecipado pelos singles "Archangel", "Hymn of Hate" e "Desprezo", que também saíram acompanhados por vídeos. "A inspiração do nome do grupo é uma alusão ao 'trancafiamento' compulsório que o vírus gerou em nossas vidas, trazendo desafios, preocupações, depressão, incerteza e também, no lado bom, uma explosão de criatividade", explicou Antonio Araújo. "O repertório começa com 'Archangel', que entra depois de uma introdução obscura e cheia de climas, tocada no violão em compasso composto, já dando o prenúncio do ritmo da primeira música do EP. Pode-se ouvir também uma cama de vozes. São, de fato, vários canais com vozes reais, e não um teclado, como pode parecer à primeira audição", detalha o guitarrista e mentor do Lockdown.


Confira o clipe de "Archangel", dirigido e editado por Raul Machado, em:


Sobre a temática antirreligião, tema próximo do black metal, o guitarrista e compositor de todo o material explica que Arcanjo Helel é um dos nomes de Lúcifer. "Essa música tem um pé no thrash metal, mas revela o tipo de death metal que o Lockdown faz. Possivelmente, é a mais forte do EP, trazendo um refrão marcante e ritmo intenso, características que exemplificam a entrega de composições violentas, diretas e rápidas do grupo", explica Araújo.


Afora a união de músicos conhecidos, o Lockdown traz João Gordo cantando de forma mais brutal do que nunca. "Fiquei feliz porque nunca tinha feito death metal na vida”, comemora o vocalista. Curiosamente, desde 1993, com "Just Another Crime in... Massacreland", lançado pelo Ratos de Porão, João Gordo não gravava um disco completo em inglês. "Até gravei outros sons em inglês na época do 'Feijoada Acidente', mas eram covers. Quando Antonio me convidou, as músicas e letras já estavam prontas. Achei que seria difícil, mas tudo funcionou quando comecei a cantar, inclusive com pronúncia e sotaque aceitáveis", revela.


Além de quatro músicas em inglês, o repertório do EP conta com uma faixa em português, "Desprezo". No Brasil, quando se quer passar uma mensagem direta, tem que ter a letra em português. Já o instrumental é um massacre, muito pesado e diria até mais moderno", comenta João Gordo.


Veja o clipe de "Desprezo", filmado e editado por Rafael Agostino, em:


Já "Hymn of Hate", a mais rápida, curta e brutal do EP, vem precedida pelo interlúdio "Mordor", gravado pelo tecladista João Nogueira (Claypool Lennon Delirium). "Nele, está implícito um discurso do dark lord do 'Senhor dos Anéis'. Sons desagradáveis, barulhos e tensão, o prenúncio de uma música violenta", observa Araújo. "A 'Hymn of Hate' é muito bruta e a letra vai como um soco na cara dos crentes e o povo religioso. Das músicas que o Antonio compôs para o Lockdown, é realmente a que mais se aproxima do meu estilo, naquela linha mais crossover e crust", declara João Gordo. "Além de ser uma das músicas que mais gosto do EP, é a mais direta e rápida", complementa o baterista Bruno Santin.


Confira o lyric video de "Hymn of Hate", criado por Alcides Burn (Burn Artworks), em:


O EP se encerra com "Black Demons Reign", com uma letra que faz alusão ao comando de "demônios negros". "Estes chamados 'demônios negros' não veem nada além de seus próprios interesses, em um lugar onde a fome, miséria, decadência e ausência de esperança predominam", explica Antonio Araújo. "Com o lançamento dos singles que anteciparam o EP, agora oficialmente lançado, tivemos uma boa resposta. Isto só comprova a nossa intenção, que é a de preparar o álbum completo", conclui o guitarrista.


Repertório de "Unholy Ceremony Heretic":

Umbral

Archangel

Unholy Ceremony Heretic

Mordor

Hymn of Hate

Desprezo

Black Demons Reign


Ouça nas plataformas de streaming em:

Mídias sociais: @lockdowndeathmetal

E-mail: lockdowndeathmetal@gmail.com

Siga abaixo as nossas tags e confira tudo o que rola no mundo underground! Não esqueça de deixar o seu comentário hein, curta e siga a nossa página no Facebook, compartilhe com os seus amigos!

10 visualizações0 comentário

Coletivo La Migra | São Paulo/Brasil

coletivolamigra@gmail.com

Se inscreva no nosso site e receba diariamente todas as atualizações! 

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Vkontakte ícone social