• Sidney Santos

NAPOLI VIOLENTA: Os moedores napolitanos do sindicato do crime assinam contrato com a Time To Kill.

Bellow English:

Os moedores do sul da Itália, NAPOLI VIOLENTA, têm o orgulho de anunciar que assinaram um contrato mundial com a Time To Kill Records, juntando-se à crescente lista de talentos de primeira linha da gravadora.


NAPOLI VIOLENTA nasceu no interior napolitano em 2018. Quatro antigos expoentes da cena punk napolitana de metal / HC cuja identidade permanece desconhecida e envolta do silêncio começaram a colaborar para evocar o tipo mais perigoso de música extrema. A intenção era mesclar imediatamente Poliziottesco - um subgênero de filmes de ação e crime que surgiu na Itália no final da década de 1960 - e Grindcore, dois mundos, duas revoluções que à primeira vista não podiam estar mais distantes, mas ambas conhecidas por serem cínicas, infame e violentas.


O projeto, portanto, leva o nome do filme de mesmo nome dirigido por Umberto Lenzi em 1976, "Napoli Violenta", o segundo capítulo da "Trilogia Commissario Betti", estrelado por Maurizio Merli e com trilha sonora de Franco Micalizzi. Musicalmente, a inspiração é claramente atraída pela morte precoce de Napalm, Terrorizer, Repulsion, Carcass, Extreme Noise Terror, Brutal Truth... o logotipo em si é um exemplo claro de "pezzotto" (arte fugazi), que representa uma homenagem ao gênero.


Todos saudam Mario Merola e Pino Mauro, o que há de diferente em Sceneggiata? Atitude divertida, sarcasmo, cantada em Napulenglish, capeesh?


Fiquem ligados pois em breve mais detalhes do álbum, singles e notícias sobre outras atividades serão publicadas.


Saiba mais sobre a NAPOLI VIOLENTA: Bandcamp, Facebook, Instagram, Youtube.

Saiba mais sobre a Time To Kill Records: Facebook, Website.

English:

Southern Italian grinders NAPOLI VIOLENTA are proud to announce that they have signed a worldwide contract with Time To Kill Records, joining the label’s growing roster of premier talent.


NAPOLI VIOLENTA was born in the Neapolitan hinterland in 2018. Four old exponents of the Neapolitan metal/HC punk scene whose identity remains unknown and shrouded in silence started collaborating to conjure up the most dangerous kind of extreme music. The intent was immediately to merge Poliziottesco - a subgenre of crime and action films that emerged in Italy in the late 1960s - and Grindcore, two worlds, two revolutions that at first sight couldn't be any more distant, but both renowned for being cynical, infamous and violent.


The project therefore takes its name from the film of the same name directed by Umberto Lenzi in 1976, "Napoli Violenta", the second chapter of the "Trilogia Commissario Betti", starring Maurizio Merli and with a soundtrack by Franco Micalizzi. Musically, inspiration is clearly drawn by early Napalm Death, Terrorizer, Repulsion, Carcass, Extreme Noise Terror, Brutal Truth... the logo itself is a clear example of "pezzotto" (fugazi art), which represents a tribute to the genre.


All hail Mario Merola and Pino Mauro, what t’nnis a dìcer 'rà Sceneggiata?? Fun attitude, sarcasm, sings in Napulenglish, capeesh?


Watch for album details, singles and more news on other upcoming activities to be posted shortly.


NAPOLI VIOLENTA: Bandcamp, Facebook, Instagram, Youtube.

Time To Kill Records: Facebook, Website.

#NapoliViolenta | #Grindcore | #AnubiPress | #TimeToKillRecords | #Napoli | #Itália | #Novidades

23 visualizações

Coletivo La Migra | São Paulo/Brasil

coletivolamigra@gmail.com

Se inscreva no nosso site e receba diariamente todas as atualizações! 

  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram
  • Vkontakte ícone social