• Pinterest
  • Facebook
  • Twitter
  • Instagram

© 2009 por Coletivo La Migra. Criado orgulhosamente por Sidney Santos

São Paulo/Brasil | coletivolamigra@gmail.com

  • Sidney Santos

VAMOS RELEMBRAR: Banda Kalmo com o álbum "Demoni" (Doom Metal da Finlândia)

Bellow English:

Uma forma execrável cresceu na escuridão.  O coração negro bate ao ritmo do caos.  Abrindo suas asas. Engolindo a única luz fraca da esperança na escuridão. O cadáver ressuscitou. Kalmo está aqui.


A névoa da história cobre as primeiras trilhas de seu caminho. Depois de encontrar um nome verdadeiro em Kalmo, visões ameaçadoras do destino inevitável caíram em algum lugar na escuridão. Este projeto One Man Band de doom metal tem sido mais ativo nos últimos dois anos do que nunca, produzindo novos materiais e lançando videoclipes fantásticos.


Existe apenas uma mente, uma alma perdida no âmago do Kalmo. Os machados de guitarras e baixos doom são tocados e os gritos sombrios são gritados por esse homem. A batida da desgraça é conjurada com a magia negra do estado da arte, a técnica de bruxaria em lâmina de bateria.


Alguns dos artistas e bandas que inspiram Kalmo são: Celtic Frost, Triptykon, Slayer, King Diamond, Candlemass, Black Sabbath, Gallhammer, Hellhammer, Vorum, Master. A verdadeira semente de Kalmo foi colocada em algum lugar em meados dos anos 80. O Círculo de Tiranos do Celtic Frost acendeu o fogo. Agora, depois de 35 anos, as chamas são tão altas que queimam as alturas do céus. Nessas chamas, Demoni foi forjado no fogo.


O EP de estreia Demoni contém 6 músicas. A faixa de abertura Piru é uma história sobre o Velho Nick que atrai com suas frases distorcidas todos nós para um caminho sem volta. Esta música foi originalmente lançada como uma versão demo com um videoclipe.  O material de vídeo é retirado do filme alemão Faust, lançado em 1926.


Vainaa está repleta do cheiro de fumaça e fogo eterno. O caráter do caminho sem fim para a condenação é revelado ainda mais nos salmos dessa música. A música foi lançada originalmente como uma versão demo com um videoclipe.


A letra da música Lupaus é de um antigo carro funerário de madeira na Igreja de Santa Maria em Sastamala, Finlândia, datada de 1834. Lupaus foi escrito e gravado em um dia em uma cabana no meio do nada. O processo de escrita foi alimentado com cerveja. A música foi lançada como uma versão demo.


Valo é um grito desesperado por luz. A alma inatamente escura do homem responde à tentação sedutora das sombras. Este salmo sombrio é de alguns anos atrás e também foi lançado como uma versão demo brutal.


A faixa Mustaa Emana a escuridão silenciosa das sombras pairando sobre o vazio. Mustaa é talvez a primeira música escrita na história deste projeto doom metal para um homem.  Ele encontrou uma nova forma durante o outono de 2018 e foi lançado com um videoclipe.


Kalmo escreve suas músicas em finlandês. A exceção à regra é a faixa bônus Show Me Your Face, que foi escrita para uma competição do YouTube. A versão original era mais como Qualidade do Demônio e Baixa Fidelidade. Totalmente reformada e reorganizada, agora possui mais força sombria em sua alma e procura desdobrar o destino completo da alma vendida do ouvinte.


Demoni resume e conclui um episódio na história de Kalmo. Algumas das músicas do EP são muito antigas e outras foram escritas nos últimos dois anos.  Com este lançamento, como um ritual demoníaco de passagem, Kalmo está pronto para mais.  Novos versos sombrios estão sendo escritos.  Novos salmos do mal estão sendo cantados silenciosamente na escuridão.  Os tendões dos sinistros estão ganhando poder.  A desgraça será inevitável.


Links:

https://doom.kalmo.fi

https://kalmo.fi

https://www.facebook.com/kalmodoom

https://twitter.com/KalmoDoom

https://www.youtube.com/channel/UCmHZ-ik8iwJwMVzs_ml8sgA

English:

An execrable shape has grown in the darkness. The black heart beats to the rhythm of chaos. Spreading its wings. Engulfing the only faint light of hope in darkness. The cadaver has resurrected. Kalmo is here.


Mist of history covers the early trails of its path. After finding a true name in Kalmo, ominous visions of the inescapable doom have been falling into place in the darkness. This one-man doom metal project has been more active over the past two years, producing new material and releasing music videos.


There is only one mind, one lost soul in the core of Kalmo. The axes of doom guitars and bass are played and the dark cries are bawled by this man. The beat of doom is conjured up with the black magic of state-of-the-art, technical drumslade witchery.


Some of the artists and bands that inspire Kalmo are Celtic Frost, Triptykon, Slayer, King Diamond, Candlemass, Black Sabbath, Gallhammer, Hellhammer, Vorum, Master. The true seed of Kalmo was laid somewhere in the mid-80s. Celtic Frost’s Circle of Tyrants ignited the fire. Now, after some 35 years, the flames are so high that they scorch the heights of heaven. In these flames, Demoni was forged in fire.


The debut EP Demoni contains 6 songs. The opening track Piru is a story about that Old Nick that lures with its twisted phrases all of us to the road of no return. This song was originally released as a demo version with a music video. The video material is cut from the German film Faust, released in 1926.

Elävä vainaa is brimming with the smell of smoke and eternal fire. The character of the endless road to damnation is further revealed in the psalms of this song. The song was originally released as a demo version with a music video.


The lyrics for the song Lupaus are from an old wooden hearse at St Mary´s Church in Sastamala, Finland, dated 1834. Lupaus was written and recorded in a day at a cottage in the middle of the nowhere. The writing process was fueled with beer. The song was released as a demo version.


Valo is a desperate cry for light. The innately dark soul of man answers to the alluring temptation of the shadows. This dark psalm is from a few years back and also was released as a brutal demo version.


The track Mustaa emanates the silent darkness of the shadows hanging over the void. Mustaa is perhaps the first song written in the story of this one-man doom metal project. It found a new shape during autumn 2018 and was released with a music video.


Kalmo writes its songs in Finnish. The exception to the rule is the bonus track Show Me Your Face, which was written for a YouTube competition. The original version was more Demon Quality and Low Fidelity. Fully reformed and re-arranged, it now has more dark strength in its soul and seeks to unfold the listener’s sold soul’s full fate.

Demoni summarizes and concludes an episode in Kalmo’s story. Some of the EP’s songs are from very early years and some have been written within the past two years. With this release, as a demonic rite of passage, Kalmo is ready for more. New dark verses are being written. New evil psalms are being silently chanted in the darkness. The sinews of the sinister are gaining power. The doom will be inevitable.


Links:

https://doom.kalmo.fi

https://kalmo.fi

https://www.facebook.com/kalmodoom

https://twitter.com/KalmoDoom

https://www.youtube.com/channel/UCmHZ-ik8iwJwMVzs_ml8sgA


#DoomMetal | #Kalmo | #Finlândia | #AgainstPR

6 visualizações